Sindicato dos Jornalistas do Estado do Rio

Sindicato RJ exige a apuração do crime

Posted by sindicatodosjornalistas em novembro 3, 2010

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio exige das autoridades policiais uma investigação imediata e rigorosa para que se chegue aos mandantes do crime em que foi vítima o jornalista José Rubens Pontes de Sousa, em Paraíba do Sul. E que o responsável, ou responsáveis, respondam pelo que fizeram. Não podemos aceitar a impunidade de mandantes de crimes como esse, como tem acontecido ao longo da história de nosso Estado. Segue notícia recém publicada pelo jornal Diário do Vale:

 Polícia sem pista sobre assassino de jornalista em Paraíba do Sul

Paraíba do Sul – A polícia ainda não identificou o assassino do empresário e jornalista José Rubens Pontes de Sousa, o Rubinho, de 38 anos, diretor-presidente do Entre-rios Jornal, de Três Rios. Ele foi morto com um tiro, por volta das 0h40m do último sábado, quando estava reunido com amigos do lado de fora de um bar próximo a Praça Jardim Velho, no Centro de Paraíba do Sul. O delegado da 107ª DP, Nei José Ramos Loureiro, descartou a hipótese de latrocínio (roubo seguindo de morte), porque o autor do disparo nada levou da vítima.

O policial apurou que um jovem branco e baixo atirou de uma distância de cinco metros, sem dizer uma palavra, e atingiu a nuca do empresário. Depois, ele fugiu em um Astra prata, placa não anotada. –  Neste início de investigação sobre o assassinato de Rubinho, não descarto nenhuma hipótese para justificar o crime, nem as de cunho  político. A certeza que tenho é que foi uma execução a mando de alguém – disse o delegado.

Segundo Nei, o autor do tiro não fez nenhuma questão de evitar ser visto. – Ele estava com o rosto descoberto, era frio e calculista. Por isso, eu acredito que o assassinato foi premeditado e a mando de alguém, que estou tentando prender – acrescentou o policial, que já instaurou inquérito. O caso foi registrado como o homicídio qualificado, pelo recurso utilizado pelo assassino que dificultou a defesa da vítima e pelo perigo comum, porque na hora do crime havia muitas pessoas estavam próximas de Rubinho ou em torno da praça, onde há vários outros barzinhos e restaurantes.

O delegado disse que está tendo dificuldades para conseguir testemunhas. Nei foi informado ainda que a vítima estaria atualmente respondendo processo na Justiça Eleitoral, por ter feito boca de urna, no dia eleição no início de outubro.

O corpo de Rubinho foi velado na Câmara Municipal de Paraíba do Sul e enterrado às 17 horas no Cemitério Vila Salutares, no sábado. Ele era casado e deixa dois filhos.  Rubinho chegou a ser candidato a deputado estadual em 2006; obteve pouco mais de 15 mil votos, ficou na suplência mas não chegou a assumir uma cadeira na Alerj. Em 2008, ele foi candidato a prefeito de Paraíba do Sul mas não conseguiu se eleger.

Em sua inscrição para concorrer ao cargo de Prefeito de Paraíba do Sul em 2008, apresentou a seguinte uma lista de bens, com capital empregado na firma Lavajato Irmãos J R LTDA R$ 2 mil; na firma Licence Locação de máquinas de jogos eletrônicos R$ 5 mil; e ainda, capital na firma Entrerriense Jornal R$ 9,9 mil; uma moto Sharon 600 C LNO 4706 R$ 26.250,00; uma carreta placa MPU- 3237 R$ 28,5 mil; capital na firma Paraíba do Sul Futebol Clube LTDA R$ 12.000,00, e um automóvel C 5 ano 2007, no valor de R$ 59 mil.

O assassinato de Rubinho provocou comoção não apenas em Paraíba do Sul, onde nasceu, mas aos moradores de Três Rios, Paty do Alferes, e de outras cidades do Médio Vale do Paraíba Fluminense. A Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgou nota em repúdio ao assassinato do jornalista.

Fonte: Diário do Vale

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: