Sindicato dos Jornalistas do Estado do Rio

17 de junho, Dia Nacional de Luta

Posted by sindicatodosjornalistas em junho 17, 2010

Referindo-se à decisão do STF de Gilmar Mendes, Azêdo bateu três vezes na madeira

Parlamentares, ABI, Fenaj e sindicatos de jornalistas defendem o diploma

Conforme notícia publicada em seu site, a ABI reafirmou hoje o seu apoio à luta dos jornalistas durante a visita, em sua sede, dos deputados federais Hugo Leal (PSC-RJ), Arolde de Oliveira (DEM-RJ) e Chico Alencar (PSOL-RJ), que integram a Comissão Especial da Câmara, encarregada de emitir parecer sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 386/09), do deputado Paulo Pimenta (PT-MG), que restabelece a exigência do diploma para o exercício do jornalismo.

Para a abordagem de um tema tão importante para a categoria profissional dos jornalistas, formada Mesa na sede social da Associação com o presidente da ABI, Maurício Azêdo; o presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Sérgio Murillo de Andrade; a presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro, Suzana Blass; e o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, Ernesto Vianna.

O presidente da ABI, Maurício Azêdo, durante a reunião, em que todos se manifestaram, bateu três vezes na madeira, referindo-se à decisão do Supremo Tribunal Federal proferida em 17 de junho de 2009, seguida do acórdão do STF, publicado  no dia 12 de novembro, relatado pelo então presidente do Supremo, ministro Gilmar Mendes, que extinguiu a obrigatoriedade da formação superior específica para o exercício do jornalismo. O julgamento da questão deixou revoltados os jornalistas e perplexa e apreensiva toda a sociedade brasileira.

ABI no Conselho Curador da EBC

O jornalista Mario Augusto Jakosbkind foi empossado dia 1º de junho como representante da ABI no Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicações (EBC). O ato aconteceu na sede da empresa no Rio de Janeiro.

Mario Augusto Jakobskind foi nomeado juntamente com o engenheiro elétrico Takashi pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva por meio de decreto, publicado no último dia 28 de maio, que indicou também a jornalista Ana Veloso, a ser empossada posteriormente. Os nomes foram propostos por grupos da sociedade civil, conforme estabelece a lei que criou a EBC.

Após ser empossado Mario Augusto Jakobskind ressaltou a importância da ABI no Conselho e disse que o fortalecimento da rede pública é um sonho antigo da imprensa:

— A consolidação e o fortalecimento da mídia pública é um sonho de várias gerações de jornalistas desde a fundação da ABI (1908) até os dias de hoje”, afirmou Mario Augusto, que também é o Secretário-Geral do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: